Humberto assume liderança e se torna o senador mais influente do país em mídias sociais

A cobertura exclusiva da primeira entrevista dada pelo ex-presidente Lula desde a sua prisão levou o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), a assumir o posto de mais influente senador do país em mídias sociais. Os vídeos da conversa de Lula com os jornalistas Florestan Fernandes Júnior e Monica Bérgamo exibidos nas redes de Humberto alcançaram mais de cinco milhões de pessoas pelo Facebook somente na sexta-feira (26), data em que foram exibidos, e acabaram reproduzidos até nas redes da ex-presidenta Dilma Rousseff.
O alto alcance das postagens fez Humberto subir seis posições e colocou o senador petista no topo do ranking FSBinfluênciaCongresso, que afere a performance dos parlamentares nas redes sociais. O líder do PT, que cresceu quase 20 pontos percentuais, derrubou outros senadores com alto número de seguidores, como Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), e o líder do PSB, Jorge Kajuru (GO).
“Nossas mídias sociais são um importante instrumento político de comunicação e interação com a população. Elas servem à difusão de conteúdo de qualidade e como mecanismo de informação aos nossos seguidores, para que acompanhem o nosso trabalho, a nossa atuação e fiscalizem as ações do governo”, afirmou Humberto Costa.
Com cerca de 700 mil seguidores no Facebook, Twitter e Instagram, o líder do PT é o parlamentar mais influente de Pernambuco nas redes sociais e o único do Estado entre os Top20 do Congresso Nacional no ranking FSBinfluênciaCongresso. Humberto também é líder no Norte e Nordeste e está, permanentemente, entre os 10 maiores do Brasil em influência digital.
Sem Título-1