Muito mais que uma visita cortesia

A vinda recente da presidente Dilma Roussef para Pernambuco representou bem mais do que a visita cortesia de um Chefe de Estado. Na verdade, é a constatação da prioridade que os governos Lula e Dilma vêm dando a Pernambuco.

A expectativa é que, caso o governo estadual consiga executar todos os planos que constam na Lei de Orçamentária Anual (LOA) de 2014, nos primeiros quatro anos da gestão de Dilma Roussef sejam repassados ao Estado R$ 33,2 bilhões. Isso sem falar no valor que destinado aos municípios e aos projetos que são executados diretamente pelo Governo Federal.

O recurso repassado por Dilma será, inclusive, ainda maior do que o que foi destinado para o Estado nos últimos quatro anos do governo Lula: R$27,3 bilhões. Somados, os governos do PT investiram R$60,5 bilhões em oito anos em Pernambuco.

Mas não é só com números que o Governo Federal se fez presente, é também com decisões estratégicas que estão ajudando a transformar o nosso Estado. É o que está acontecendo, por exemplo, com a Fiat, que já começou a contratar e que deve gerar cerca de cinco mil empregos diretos. Foi um projeto do Governo Federal, que tive o orgulho de relatar no Senado, que assegurou a vinda da indústria para o Estado. A matéria foi elaborada ainda no governo Lula e sancionada pela presidente Dilma.

Antes mesmo de terminar seu primeiro mandato, Dilma já contabilizou quatro visitas ao Estado e por diversas vezes ministros estiveram aqui para inauguração de obras, entrega de máquinas, fiscalização de ações, entre outras atividades.

O olhar diferenciado dos governos do PT em Pernambuco, que ajudou o Estado a se desenvolver, faz parte de uma ação maior. O PT inverteu prioridades e mudou a forma de governar todo o Brasil. Reconhecer as ações das gestões de Lula e Dilma no Estado é também olhar para o passado e ver como os antigos governos negaram a Pernambuco o papel de protagonista que sempre lhe coube. Sabemos que muito mudou, mas há muito para fazer. Porque o processo de mudança está apenas começando.