Coleta de DNA na identificação criminal

Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 321/2011 >> A identificação criminal incluirá a coleta de material para obtenção do DNA, que será juntado aos autos da comunicação da prisão em flagrante, ou do inquérito policial ou outra forma de investigação.

Se o indiciado for condenado, seu material genético será armazenado em banco de dados próprio. Se não, será descartado.