Prioridade para pessoas com deficiência nos transportes coletivos

Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 466/2011 >> O projeto determina que as empresas de transporte coletivo aéreo, terrestre ou aquaviário devem garantir a prioridade para passageiros com deficiência no embarque e no desembarque. A empresa que descumprir com essa obrigação será multada no valor de R$ 2.500 a R$ 5.000.