Blog

Olimpíada de Matemática deve atingir 20 milhões de alunos

Escolas públicas de todo o País podem inscrever seus alunos, até o dia 3 de junho, na sétima edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep 2011). A competição busca gerar ambiente estimulante para o estudo da matemática entre estudantes e professores. Pernambuco tem ganhado destaque na competição.

 
Assista matéria do jornal NBR sobre o tema:
 

A primeira fase da edição de 2011 acontecerá em 16 de agosto e todos os alunos matriculados em escolas públicas brasileiras (municipais, estaduais e federais) podem participar. A inscrição deve ser feita pelas escolas. A organização da Obmep incentiva as escolas a inscrever todos os seus alunos para a primeira fase.
Para isso, as escolas devem indicar quantos alunos participarão da primeira fase, de acordo com os níveis de participação – nível 1 para estudantes de sexto e sétimo anos do ensino fundamental, nível 2 para oitavo e nono anos e nível 3 para o ensino médio.

No ano passado, participaram da Obmep 19,6 milhões de estudantes, matriculados em 44,7 mil escolas, em 99% dos municípios dos municípios brasileiros.

Fases – A competição será realizada em duas fases. A primeira prevê a aplicação da prova objetiva, com 20 questões, em cada escola inscrita. A correção é feita pelos professores das próprias escolas, a partir das instruções e gabaritos elaborados pela Obmep.

Na segunda fase, marcada para 22 de outubro, os alunos recebem uma prova discursiva com seis ou oito questões, em centros de aplicação indicados pela Obmep. Participam dessa fase apenas 5% dos alunos de cada escola, em cada nível, com melhor pontuação na primeira fase.

Premiação – A Olimpíada premiará 500 estudantes com medalhas de ouro, 900 com prata e 1800 com bronze. Também serão concedidos certificados de menção honrosa a até 30 mil alunos. Os 127 professores com melhor desempenho receberão um computador portátil com programas relacionados ao ensino da matemática. Receberão computadores portáteis e material para projeção móvel as 81 melhores escolas.

A primeira edição da olimpíada foi em 2005, e desde então é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (Impa) com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e promovida pelo Ministério da Educação e Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Para saber mais, acesse http://www.obmep.org.br/apresentacao.html.

Fonte: Ministério da Educação.
Foto: Reprodução da Internet/Brasil.gov.br.

Cadastro de bons pagadores é aprovado pelo Senado

Os senadores aprovaram nesta semana o projeto de lei de conversão de medida provisória que cria cadastro dos bons pagadores, o chamado Cadastro Positivo. A matéria já havia sido aprovada pela Câmara dos Deputados e, agora, segue para sanção presidencial.

O cadastro poderá ser consultado por instituições para a concessão de empréstimos e outras transações comerciais. Com o cadastro, a ideia é que o consumidor que paga suas contas em dia tenha acesso a taxa de juros mais baixas e diminuir a inadimplência.

O consumidor terá de autorizar a inclusão de seus dados no cadastro e retirá-los quando desejar. Ele também poderá consultar, de graça, seus dados uma vez a cada quatro meses. As informações ficarão no cadastro pelo prazo de 15 anos.

No ano passado, o Congresso Nacional chegou a aprovar o cadastro, que foi vetado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na época, o governo federal justificou que o texto aprovado pelos parlamentares poderia gerar contestações judiciais. O Executivo editou uma medida provisória criando o banco de dados dos bons pagadores.

O relator do projeto aprovado hoje pelo Senado é o senador Francisco Dornelles (PP-RJ).

Fonte: Agência Brasil.
Foto: Waldemir Rodrigues / Agência Senado.

Tags >> Brasil , Economia , Senado

Pernambuco registra maior saldo de empregos do Nordeste

Pernambuco foi o Estado que registrou o maior saldo de empregos da Região Nordeste e, em termos relativos, foi a unidade federativa que apontou a maior taxa de crescimento de postos de trabalho nos últimos 12 meses, tanto na Região Nordeste quanto no País, segundo dados do Cadastro Geral de Em­pregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados ontem, referentes ao mês de abril deste ano. Na análise isolada, no mês foram dispensados 1.964 empregados celetistas, o equivalente a uma redução de 0,17% em relação ao número de assalariados formais do mês anterior.

“Estamos vivendo um grande momento do ponto de vista econômico da história recente de Pernambuco em termos de renda, de Produto Interno Bruto, etc. O crescimento da economia leva a mais vagas de em­prego formal. Se avaliarmos apenas o mês, observamos uma queda normal devido ao período de entressafra da agroindústria. Essa curva só se modifica quando esta atividade volta a contratar”, avaliou o diretor de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (Conde­pe/Fidem), Rodolfo Guimarães.

Fonte: Folha de Pernambuco.

Humberto discute agora a aprovação da reforma política

Um dos principais defensores da reforma política no Brasil, o senador Humberto Costa dedicou parte desta semana para discutir e defender o tema nacionalmente. Nesta quarta-feira, o líder do PT no Senado participou da última reunião da Comissão Especial da Reforma Política e manteve conversas com o presidente da Casa, José Sarney (PMDB), e o presidente do PT, Rui Falcão, sobre a aprovação da proposta final, que inclui duas das principais bandeiras históricas de sua legenda: o voto em lista fechada e o financiamento exclusivamente público de campanhas eleitorais.

Humberto e um grupo de parlamentares, que participaram da Comissão, entregaram o projeto a Sarney e receberam a promessa de votação prioritária no Senado: “Vamos quebrar esse tabu de que não se faz a reforma política no Brasil”, disse o presidente. Todas as matérias originadas no Conselho passarão por análise do próprio presidente e começarão a tramitar na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) assim que forem recebidas pela Mesa do Senado e numeradas. A expectativa é que a proposta da reforma seja votada até 6 de julho na CCJ.

Ainda nesta quarta, Humberto seguiu para encontro com parlamentares petistas e novo presidente do partido. A ideia é que o PT lidere um movimento junto com outras legendas governistas e feche questão em torno dos principais pontos da reforma. Na próxima semana, o PT pretende promover encontro com partidos aliados para debater o tema em Brasília. “A reforma política precisa ser debatida com toda a sociedade por ser essencial para o aperfeiçoamento da nossa democracia. O PT está nesta luta porque sabe o quanto as medidas serão importantes para o País”, enfatizou Humberto.

Nesta quinta-feira (19/5), o senador viaja para Belo Horizonte, em Minas Gerais, onde participa de debate sobre o assunto e apresenta as principais propostas feitas pelo PT. O debate acontecerá em uma Audiência Pública na Assembléia Legislativa do Estado, por volta das 14h.

Senador manifesta apoio à 2º Marcha Nacional contra Homofobia e pede consenso sobre lei

O senador Humberto Costa (PT-PE) defendeu em Plenário nesta quarta-feira (18/5) a necessidade de se produzir no Senado um texto de consenso para o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2006, que criminaliza a homofobia. O projeto tramita na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), com relatoria da senadora Marta Suplicy (PT-SP), e foi retirado de pauta na semana passada, justamente para se buscar um acordo.

Ouça discurso do senador nesta quarta:
 

O líder do PT considerou fundamental que a proposta a ser elaborada por Marta Suplicy seja consensual, assegurando tanto a punição à homofobia quanto o respeito à liberdade de expressão e de crença. “Já tive a oportunidade de sugerir à senadora Marta Suplicy a ideia de reunir todas essas pessoas que estão preocupadas em discutir com seriedade e sem sectarismo, sem nenhum tipo de fundamentalismo de um lado ou de outro. É importante garantir a todas as cidadãs e aos cidadãos brasileiros os seus direitos civis, sem também negar outros direitos fundamentais, como o direito de expressão das próprias ideias”, disse ele.

Exploração sexual de crianças – Humberto Costa registrou ainda o aniversário do município de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, que completou nesta quarta 154 anos de emancipação política, e a passagem do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, ressaltando a importância do engajamento dos cidadãos brasileiros na luta contra a exploração sexual de jovens no País.

Fonte: Agência Senado.
Foto: Waldemir Barreto / Agência Senado.

Faça bonito. Lute contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes

A Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH/PR) lançou nesta segunda-feira (18/5), no Recife (PE), a campanha “Faça Bonito. Proteja Nossas Crianças e Adolescentes”. O evento marca a mobilização pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que também é comemorado nesta segunda.

O objetivo da mobilização é de aproximar a população na luta contra esse tipo de violência. “A sociedade brasileira não tolera mais a violência sexual contra crianças e adolescentes, que era banalizada em nosso país. O silêncio começa a ser rompido, na medida em que todos se sentem como responsáveis por enfrentar essa situação”, ressalta a subsecretária de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente da SEDH, Carmen Oliveira.

A campanha é uma ação da SEDH, do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes, da Comissão Intersetorial de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e de parceiros. Além do Recife, a programação é realizada em Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza e Belém, onde será feito o lançamento do filme “Cinderelas, lobos e um príncipe encantado”, do cineasta Joel Zito Araújo.

O símbolo da campanha deste ano é uma flor, que lembra os desenhos da primeira infância e espera trazer essa identificação à sociedade. “A flor representa o cuidado que temos que ter com nossas crianças e adolescentes para que elas não sejam vítimas do abuso e da exploração sexual. Essa tem que ser uma missão de todos e todas, por isso, e um símbolo que toda a população pode adotar”, explica a coordenadora do Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes da SEDH, Leila Paiva.

História – Há nove anos, o 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data foi escolhida para lembrar um crime que chocou todo o País e ficou conhecido como o “Crime Araceli”, ocorrido em 1973, em Vitória (ES).

A motivação para criação de uma data como mais um elemento de reforço ao enfrentamento à violência sexual foi criar capacidade de mobilização dos diferentes setores da sociedade e dos governos e da mídia para formação de uma forte opinião pública contra esse tipo de violência.

A intenção também é estimular e encorajar as pessoas a denunciar, além de criar possibilidades e incentivos para implantação e implementação de ações e políticas públicas. Para o governo federal e o movimento civil organizado em defesa dos direitos de crianças e adolescentes, a data é mais um elemento para a mobilização e o envolvimento dos poderes públicos e da sociedade na defesa dos direitos humanos.

Denúncia - As denúncias de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes podem ser feitas no conselho tutelar mais próximo ou para o Disque Denúncia Nacional – Disque 100, um serviço de utilidade pública que recebe e encaminha denúncias desse tipo de violência.

Desde que o governo federal implantou o serviço, em 2003, o número de atendimentos e denúncias recebidas aumenta a cada ano. Enquanto em 2003 o serviço recebeu 4.494 denúncias, em 2008, esse número chegou a 32.588, com uma média diária de 89. Em seis anos, são mais de 95 mil denúncias e 2,2 milhões de ligações atendidas – entre elas, dúvidas e sugestões.

Além de violência sexual, o Disque 100 recebe denúncias de maus-tratos, negligência e pornografia, entre outros crimes. A maior parte das denúncias recebidas pela central é de abusos contra meninas, 62%. Esse número sobe para 81% quando as denúncias são de violência sexual.

A ligação é gratuita e o usuário não precisa se identificar. O Disque 100 funciona de segunda-feira a domingo, inclusive nos feriados, das 8h às 22h. O serviço é executado pela SEDH, em parceria com o Centro de Referência, Estudos e Ações sobre Crianças e Adolescentes (Cecria) e a Petrobras.

Fonte: do portal Brasil.gov.br.

Caruaru comemora 154 anos de emancipação política nesta quarta

Nesta quarta-feira (18/5), o município de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, comemora 154 anos de emancipação política. O local era uma fazenda, que oficialmente não se sabe se chamava Caruru ou Caruara. Aos poucos foi atraindo pessoas, se modernizando e hoje é um dos principais centros comerciais do Interior do Estado.

Em frente à Igreja de Nossa Senhora da Conceição, onde hoje é o Marco Zero da cidade, nasceu Caruaru. Bem ao lado do Espaço Cultural Tancredo neves fica o museu da fábrica Caroá, que é o nome de uma planta que era transformada em fios para a confecção de estopas, sacos e outros produtos.

“Na década de 30, especificamente em 1935, quando a fábrica da Caroá tem o seu início , o comércio local era estagnado e a fábrica trouxe o diferencial. Ela colocou Caruaru numa dianteira”, afirma a diretora dos museus de Caruaru, Regina Lúcia Oliveira.

Vitalino, que viveu durante a mesma época de funcionamento da fábrica, deve ter visto todos esses benefícios. Por falar nele, no Museu do Barro é onde se encontra o maior acervo do mestre Bonequeiro.

Desde que Vitalino morreu, em 1963, Caruaru já mudou muito. Hoje é uma cidade cheia de prédios, com 40 canteiros de obras, 200 construtoras, uma movimentação de R$ 420 milhões.

A economia gira em torno das confecções. A Feira da Sulanca é o maior polo de comércio popular do norte e nordeste do país. São 18 hectares lotados de barracas. A movimentação financeira por mês é de R$ 40 milhões. Agora, o desafio é: aliar crescimento a desenvolvimento.

Novas rodovias, prédios, indústrias… Ninguém duvida que Caruaru cresceu. O bom é que o crescimento não se deu apenas nesse sentido. Em meio a essa selva de concreto, também há espaço para o verde, para o desenvolvimento sustentável.

No centro da cidade o verde está nas praças, ruas e avenidas. Um exemplo dessa preocupação com o meio ambiente está no Parque Ecológico Severino Montenegro. “É bom, né? Respirar o ar puro… Sair do cotidiano, da poluição da gente. É bom demais”, conta o operador de máquinas Alessandro José Alves.

Fora da zona urbana, a 14 quilômetros do centro, o pôr-do-sol encanta e desenha um cenário bonito de se ver. A area é conhecida como Serra dos Cavalos. São 352 hectares de Mata Atlântica, protegida da ação danosa do homem.

“Hoje a gente tem uma área que está sendo preservada e, com certeza, as pessoas que não conhecem essa área terão passeios, com guias especializados e conhecerão esse paraíso que eu chamo de Amazônia do Agreste”, afirma o biólogo Luiz Aleixo.

Comemorações – Em celebração à data, uma programação especial foi preparada. A festa teve início na última terça-feira (10) e segue até o dia 31, composta por apresentações culturais, inaugurações de obras públicas, missa em ação de graças e o momento célebre do corte do bolo gigante. Confira a programação completa aqui.

Senado – Aproveitando a data, o senador Humberto Costa, líder do PT no Senado e representante de Pernambuco na Casa, faz questão de registrar a importância da cidade para o Agreste pernambucano em discurso na tarde desta quarta-feira: “Caruaru é orgulho para o nosso Estado, pela sua importância econômica, histórica e cultural”, ressaltou ele, que mencionou elementos da cultura local, como os trabalhos do ceramista mestre Vitalino, da tradicional feira livre, consagrada nos versos do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e da grandiosa festa de São João. “Que me desculpem os paraibanos, mas Caruaru é a capital do Forró”, brincou o senador, em referência à disputa pelo título entre a cidade do agreste pernambucano e o município de Campina Grande, na Paraíba. Clique aqui para ouvir o discurso completo..

Fonte: portal PE360.com.br.
Foto: reprodução da internet.

"O PT não tem dono", diz o líder do PT em entrevista ao Record News

O programa Brasília ao Vivo, do canal Record News, veiculou na noite desta terça-feira (17/5) uma entrevista com senador e líder do PT no Senado, Humberto Costa. O político falou sobre temas importantes relacionados à atual situação do partido, ao projeto político da legenda e à gestão da presidenta Dilma Rousseff. Leia abaixo parte da entrevista, postada no blog da jornalista Chrisina Lemos:

 
Assista a entrevista do senador Humberto no Brasília ao Vivo:
 
 

Portal R7 – O senhor foi dos poucos petistas que se declararam publicamente contra a readmissão de Delúbio Soares no partido. O PT ficou desgastado por isso?

Senador Humberto Costa - Eu acho que a volta de Delúbio ao PT se deu num momento que não foi muito adequado. Acho que o melhor momento era aquele em que, após o julgamento do STF, ele tivesse sido absolvido, não apenas do ponto de vista dos desgastes que isso poderia gerar para o PT, porque sempre gera, mas principalmente porque esse fato traz novamente todos os holofotes para o processo, faz com que haja uma pressão da sociedade sobre o STF. Para a imagem do partido acarreta, de uma certa forma, algum prejuízo, na medida em que as pessoas geralmente fazem um prejulgamento, mas nós trabalhamos muito para mostrar que o Delúbio, até o presente momento, não foi condenado, não foi sequer julgado pelo que é acusado e que no presente momento é considerado inocente.

A vitória de Delúbio neste episódio é uma demonstração de força de José Dirceu? Ele aumenta seu poder junto ao PT?

José Dirceu é uma pessoa cuja história está indissoluvelmente ligada ao PT, não há como não reconhecer que ele teve um papel importante no partido, inclusive na construção da vitória em 2002, do presidente Lula. E por toda essa história, por toda essa dedicação, não há dúvidas de que ele exerce uma influência importante no PT, mas o partido realmente não tem dono. Não é uma figura de linguagem, de retórica, é a realidade. Quantas vezes o presidente Lula já foi derrotado em discussões e disputas internas!

A presidente Dilma acertou na divisão das fatias de poder no governo?

Acho que no caso do PT do nordeste, até pela grande votação que a presidente teve no nordeste, talvez pudéssemos ter espaços um pouco mais generosos. Nós também temos que levar em consideração que, na hora de decidir as ocupações destes espaços, ela não pode decidir meramente por um critério regional. É preciso discutir a sua força na Câmara, no Senado, aspectos que ela colocou como ponto importante, como a questão de gênero, o problema regional, o problema partidário. O nordeste está e continua a ser visto pelo governo como prioridade.

Fonte: blog de Chrisina Lemos.

Senado aprova CPI que vai investigar possíveis irregularidades no Ecad

A Mesa do Senado leu nesta semana o requerimento para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com objetivo de investigar as denúncias de irregularidades praticadas pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) na arrecadação de direitos autorais de músicos e artistas de todo o País. Agora, a CPI do Ecad já pode ser instalada.

Para justificar a criação da CPI, o senador que a propôs, Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), apontou para denúncias que atribuem ao Ecad: “abuso da ordem econômica e prática de cartel no arbitramento de valores de direito autoral e conexo”. Além disso, o parlamentar pede exame do “modelo de gestão coletiva centralizada de direitos autorais de execução pública no Brasil”. A CPI também discutirá o aprimoramento da Lei 9610/98, que rege o direito de autor.

O requerimento para criar a CPI do Ecad contou com 28 assinaturas de apoio e foi encaminhado na quarta-feira (11) à Secretaria-Geral da Mesa. O senador e líder do PT, Humberto Costa, já se pronunciou sobre o assunto nas redes sociais e afirmou que indicará um dos senadores do partido para participar da CPI.

Denúncias – A Folha de S. Paulo denunciou, em 3 de maio, o pagamento de direitos autorais a compositores-laranja. Randolfe Rodrigues disse que denúncias de irregularidades envolvendo o Ecad não são recentes: uma CPI da Câmara dos Deputados apurou, em 1995, indícios de ilícitos penais como falsidade ideológica, sonegação fiscal, apropriação indébita, enriquecimento ilícito, formação de quadrilha e de cartel e abuso de poder econômico.

O parlamentar ressaltou que, diante das recorrentes denúncias de irregularidades praticadas pelo Ecad e do descontentamento dos diversos agentes envolvidos – poder público, sociedade, compositores, músicos e associações de classe -, cabe ao Senado contribuir para apuração dos desvios apurados. Randolfe Rodrigues disse acreditar que, após as conclusões da CPI, o Senado poderá aprovar novas regras que assegurem a correta arrecadação e distribuição dos direitos autorais.

Fonte: Por Paulo Cezar Barreto, da Agência Senado.

Tags >> Brasil , CPI , Cultura , Ecad

Livros eletrônicos e leitores digitais podem ficar isentos de impostos no Brasil

A definição de livro, constante da lei que institui a Política Nacional do Livro, poderá incluir os formatos digital, magnético e ótico. É o que prevê projeto (PLS 144/2010) aprovado nesta terça-feira (17) pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Com a mudança, os leitores eletrônicos ficariam isentos de impostos, a exemplo do que acontece com os livros de papel.

Para o autor da matéria, Acir Gurgacz (PDT-RO), já estaria superada a definição de livro apenas como publicação em papel. O texto passa a tratar como livro todo equipamento cuja função exclusiva ou primordial seja a leitura de texto em formato digital. O relator da matéria, senador Francisco Dornelles (PP-RJ), que deu parecer favorável à matéria, elogiou o autor pela iniciativa.

Ouça matéria da Rádio Senado sobre o tema
 

Na justificativa à proposta, Acir Gurgacz argumenta que a permanência do atual conceito representa um atraso diante da evolução tecnológica. Conforme o autor, hoje as pessoas podem ter fácil acesso a audiolivros ou mesmo armazenar uma biblioteca com centenas ou milhares de obras em pen drives, CD e DVD.

O autor aponta a “abismal diferença de preço” entre as obras impressas e suas versões digitais, “muito mais baratas”. Ele explica que, com as mudanças propostas, a importação de obras convertidas para formato digital, magnético ou ótico serão incluídas entre os produtos imunes de impostos, benefício já assegurado a livros impressos no formato tradicional e no sistema braille.

Questionamentos – Depois de manifestar voto favorável ao projeto, o líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR), adiantou que há questionamento em relação a seu conteúdo, mas que estes serão apresentados na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), onde o texto será examinado, em decisão terminativa.

Acir Gurgacz disse esperar apoio do governo, no sentido de oferecer mais um instrumento a favor da educação e do ensino. Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC) também elogiou o autor e disse que o reconhecimento do livro em meio digital já vem tarde.

Fonte: Gorette Brandão, da Agência Senado.
Foto: Amazon/Divulgação.

Página 330 de 336« Primeira...102030...328329330331332...Última »