Carpina

Desequilibrado e despreparado, Bolsonaro pode levar o Brasil ao caos, diz Humberto

WhatsApp Image 2019-03-09 at 16.12.54 (1)

Ao visitar municípios da Zona da Mata Norte e do Agreste nesse fim de semana, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), se deparou com muitas perguntas da população da região sobre o presidente Jair Bolsonaro. Por onde passou, Humberto recebeu uma série de questionamentos sobre os primeiros dois meses do novo governo. Os moradores do interior de Pernambuco, que votaram majoritariamente contra o atual presidente, andam assutados com o descalabro do início da gestão Bolsonaro. Em todas as rodas de conversa com os seus eleitores e com lideranças políticas da região, o senador falou que, no Congresso, a sensação de muitos é também de perplexidade com o desequilíbrio e despreparo do presidente.

 

 

“Bolsonaro é desequilibrado e despreparado. Não tem condições de ser um Chefe de Estado. Convivi com ele na época em que era deputado federal. E ele sempre se mostrava um sujeito limitado e incapaz de exercer qualquer liderança. Infelizmente, o que eu posso dizer é que acredito que as coisas ainda vão ficar piores. E não é por não gostar de Bolsonaro. E, sim, porque a sua total inabilidade indica isso. Do nosso lado, seguiremos firmes na oposição, apresentando uma outra proposta de Brasil, de um país inclusive, que gere emprego e renda para os mais pobres”, afirmou o senador.

 

 

No sábado (9), Humberto visitou os municípios de Glória do Goitá, Feira Nova, Limoeiro e Lagoa do Carro. Na agenda, investimentos para os municípios e conversas com lideranças políticas. Em Glória do Goitá, Humberto conheceu, acompanhado da prefeita Adriana Paes, experiências de agroecologia e sustentabilidade que estão sendo desenvolvidas pelo Serviço de Tecnologia Alternativa (Serta). Depois, seguiu para Feira Nova, onde acompanhou as obras de reforma do hospital Josefa Eusébia Rocha e visitou  o Conselho Tutelar do município, que contou com emenda do senador para a compra de carro e de kit para aprimorar o trabalho dos conselheiros. A emenda foi de cerca de R$ 100 mil. Humberto também conversou com o prefeito Danilson Gonzaga sobre possibilidade de mais recursos para o município.

 

 

Em Limoeiro, Humberto teve encontro com o prefeito João Luís Ferreira Filho também para tratar de novos investimentos para a cidade. Em seguida, o líder do PT foi para Lagoa do Carro onde se reuniu com a prefeita Judite Botafogo para a entrega de mais um carro e kit do Conselho Tutelar. “Foram agendas extremamente produtivas. Estamos visitando as cidades para agradecer a votação que tivemos, ouvir as demandas e saber como melhor podemos contribuir para o desenvolvimento desses municípios e do nosso Estado”, afirmou o senador.

 

 

CONSELHO POLÍTICO – Em todas as quatro cidades visitadas pelo senador, Humberto foi recepcionado pelos prefeitos dos municípios. Três delas fazem parte do arco de forças que garantiu a vitória da Frente Popular no Estado e outra integrou a chapa da oposição. “Estamos reaglutinando as forças e conversando com quem, inclusive, foi oposição ao governador Paulo Câmara na eleição. São tempos difíceis e esse é um momento de unirmos forças”, afirmou o senador. Nesta segunda feira (11), Humberto participa da primeira reunião do Conselho Político do Governo Paulo Câmara. O evento está marcado para as 9h, no Palácio do Campo das Princesas.

 

Humberto recebe prêmio do Conselho Tutelar de São José da Coroa Grande e também participa de Plenária do PT em Carpina

24218794748_904df4c371_z

 

Humberto foi o responsável pela entrega do kit de equipagem do Conselho de São José da Coroa Grande que recebeu o benefício via emenda parlamentar. Foto: Roberto Stuckert Filho

Humberto foi o responsável pela entrega do kit de equipagem do Conselho de São José da Coroa Grande que recebeu o benefício via emenda parlamentar. Foto: Roberto Stuckert Filho

 

O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE) segue, nesta sexta-feira (10) à noite, para São José da Coroa Grande, Mata Sul de Pernambuco, onde recebe certificado de reconhecimento do Conselho Tutelar do município. No sábado (11), Humberto participa de grande plenária do PT da Mata Norte e Agreste Setentrional que acontece em Carpina.

O parlamentar foi o responsável pela entrega do kit de equipagem do Conselho de São José da Coroa Grande que recebeu o benefício via emenda parlamentar. “Esse tipo de ação com os conselhos tutelares de Pernambuco fortalece essas entidades que lidam diretamente com crianças e adolescentes do nosso estado”, afirmou Humberto Costa.

O kit de equipagem, destinado aos municípios, é composto por carro, computadores, impressora, geladeira e bebedouro. O material serve para que os conselhos tutelares ampliem e melhorem seu atendimento. O petista já destinou, nos últimos três anos, 33 kits para Conselhos em todo o Estado.

No sábado, Humberto segue para Carpina onde participa da Plenária do PT. O evento tem como objetivo receber sugestões e trocar experiências com a base, a militância e simpatizantes do PT sobre as eleições de 2018. Essa é a terceira plenária promovida pelo Partido dos Trabalhadores e mais outras cinco plenárias acontecem até o final de novembro nas microrregiões pernambucanas.

“Está sendo uma grande oportunidade de estarmos perto da nossa base e saber como a população está vendo a crise, o governo ilegítimo e tantos retrocessos que o Brasil está vivendo. Estamos nos preparando para uma grande batalha que será a eleição do próximo ano e temos a missão de eleger novamente o presidente Lula. Também estamos debatendo, nessas reuniões, a candidatura do PT em Pernambuco e fortalecendo nossas bases, principalmente no interior”, reforçou.

Humberto defende Lula e diz que impedir sua candidatura seria uma tentativa de cassar o voto de milhões de brasileiros

Humberto:  Lula é o candidato que está nas frentes das pesquisas, os eleitores querem votar nele.

Humberto: Lula é o candidato que está nas frentes das pesquisas, os eleitores querem votar nele.

 

 

Um dia após ter se reunido com o ex-presidente Lula (PT) em São Paulo, junto com a vereadora Marília Arraes (PT), o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT), saiu na defesa da candidatura do ex-presidente à Presidência da República. Para o senador, há uma clara tentativa de eliminar Lula do processo eleitoral.

“Nós não podemos aceitar que se faça uma eleição sem que Lula seja candidato porque não seria eleição, seria uma farsa. Lula é o candidato que está nas frentes das pesquisas, os eleitores querem votar nele. Há uma grande tentativa de manchar a reputação do ex-presidente de todas as formas, a ponto de quererem inventar agora uma condenação. Isso seria um jeito de cassar o voto de milhões de brasileiros”, afirmou o senador.

As declarações de Humberto foram dadas durante o encontro do Conselho Deliberativo da Fetape, em Carpina. O encontro reuniu toda a direção da instituição. Além do presidente da Federação, Doriel Barros, também estiveram presentes ao evento o presidente da Contag, Aristides Santos, o presidente da CUT, Carlos Veras, os prefeitos de Águas Belas, Luiz Aroldo e de Jaqueira, Marivaldo Andrade, ambos do PT, além do presidente do partido, Bruno Ribeiro.

Na ocasião, o senador disse ainda que a oposição deve intensificar as conversas para tentar reveter os votos favoráveis a Reforma Trabalhista no Senado. “A gente vai seguir lutando até o último minuto, vamos conversar com os senadores que ainda estão em dúvida, que podem virar o jogo. Há uma tentativa muito clara deste governo Temer de desmonte de todas as políticas sociais que foram construídas no País, praticamente desde a instituição da Lei Áurea. Vamos nos manter mobilizados e pressionar os parlamentares contra esse projeto nefasto”, afirmou Humberto.

Para Humberto, Lula reforça resistência e mostra a importância de políticas públicas para o Nordeste

Para Humberto, com Lula e Dilma foi possível ver ressurgir o semiárido com ações como a Transposição do Rio São Francisco. Foto: Assessoria de Imprensa

Para Humberto, com Lula e Dilma foi possível ver ressurgir o semiárido com ações como a Transposição do Rio São Francisco. Foto: Assessoria de Imprensa

 

Acompanhando a maratona de atividades do ex-presidente Lula (PT) em Pernambuco, o senador Humberto Costa (PT-PE) disse que atos como os que aconteceram nessa segunda-feira (11) em Juazeiro, na Bahia, e em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, reforçam a resistência ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

“Acho que foi muito importante a presença de Lula no Sertão. Foi uma oportunidade de fazer uma grande mobilização com os movimentos sociais e os trabalhadores de toda a região e denunciar a tentativa de golpe que a presidenta Dilma vem sofrendo. Com Lula e Dilma vimos ressurgir o semiárido com ações como a Transposição do Rio São Francisco. Mas tudo que fizemos é apenas uma demonstração do quanto nós ainda precisamos fazer o Brasil avançar, em especial o Nordeste. Não podemos deixar que tirem uma presidente legitimamente eleita para colocarem em seu lugar um presidente golpista, que atende aos interesses apenas dos mais ricos deste país”, disse Humberto.

Em discurso, em Petrolina, Lula também destacou ações do seu governo que ajudaram no desenvolvimento do Nordeste. “Tenho orgulho de ter acreditado nas pessoas que vivem do seu suor, do seu sangue. Os governos anteriores ignoravam essas pessoas”, disse o ex-presidente.

Lula também criticou a oposição e disse que poderá disputar a eleição em 2018. “Para quem sobreviveu ao Sertão, não morreu de sede e nem de fome, não vai ser agora que vão me tirar do jogo. Se eles quiserem reduzir os direitos do povo brasileiro a pó, eu digo: não me provoquem porque eu posso voltar e ser candidato em 2018”, garantiu.
Lula disse ainda que acredita que é possível barrar o impeachment da presidente Dilma no Senado. “Estamos empenhados em tentar convencer senadores a votar contra o impeachment. Precisamos convencer seis”.

Além de Petrolina, no Sertão, Lula participa de ato em outros três municípios do Estado. Nesta terça (12), às 16h, ele vai à plenária do Conselho Deliberativo da Fetape, em Carpina, Zona da Mata. Na quarta (13), é a vez de Lula visitar o município de Caruaru, no Agreste. A agenda de Lula no Estado terá encerramento na noite da quarta, no Recife, com grande ato no bairro do Recife Antigo.

Junto com Humberto, Lula vai do Sertão ao litoral de Pernambuco

Humberto explicou que a grande agenda de Lula no Estado faz parte uma ação nacional para denunciar o golpe contra o mandato da presidente Dilma Rousseff (PT). Foto: Pedro França /Agência Senado

Humberto explicou que a grande agenda de Lula no Estado faz parte uma ação nacional para denunciar o golpe contra o mandato da presidente Dilma Rousseff (PT).
Foto: Pedro França /Agência Senado

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vem ao Estado para cumprir uma agenda que vai do Sertão à capital pernambucana. As atividades de Lula no Estado começam na próxima segunda-feira (11), em Petrolina, onde realiza coletiva de imprensa e participa do ato da Frente Brasil Popular acompanhado do senador Humberto Costa (PT) e de outras lideranças políticas.

Na quarta (13), Lula retoma a agenda em Pernambuco com um encontro da Frente em Caruaru e depois segue para almoço no assentamento Normandia. À tarde, Lula tem reunião com representantes de diversos partidos e do movimento social no Recife. À noite, Lula comparece a grande ato no centro da cidade.

Segundo Humberto, a grande agenda de Lula no Estado faz parte uma ação nacional para denunciar o golpe contra o mandato da presidente Dilma Rousseff (PT). “Todos sabem do carinho que Lula tem com Pernambuco, por isso, o presidente decidiu fazer uma agenda extensa percorrendo do Sertão ao litoral para conversar com a população, explicar como esse golpe atingiu em cheio a nossa democracia e quais os riscos da manutenção de Temer na presidência para os direitos dos trabalhadores Brasileiros”, afirmou.

Humberto disse ainda que com a proximidade da votação definitiva do impeachment no Senado, a estratégia é Lula e Dilma percorrerem o maior número de regiões do País. “Dilma e Lula se dividiram em uma maratona de viagens para conseguir falar para o maior número possível de pessoas. Só com uma mobilização nacional conseguiremos derrubar esse presidente golpista e sua corja. Tentam de tudo para calar Lula e Dilma, até o avião da presidente quiseram proibir, mas o Brasil mostrou de que lado está. E a vaquinha realizada pelas amigas da presidente para garantir as viagens bateu todos os recordes de financiamento coletivo. Vamos seguir lutando. Os golpistas não passarão”, disse o senador.