CNB

Em Brasília, Humberto intensifica articulações na Esplanada

Foto: Alessandro Dantas/ PT no Senado

Foto: Alessandro Dantas/ PT no Senado

Dez dias antes do início do ano legislativo de 2015, o líder do PT no Senado, Humberto Costa, esteve em Brasília, pela terceira vez neste mês de recesso parlamentar, para participar de articulações políticas sobre temas sensíveis ao Governo e ao Congresso nas próximas semanas. Em dois dias, Humberto reuniu-se com três ministros e integrou um encontro promovido na sede do partido pela maior corrente petista, a CNB.

Logo após desembarcar na Capital, no início da tarde de segunda-feira (19), o líder do PT foi ao Palácio do Planalto para uma agenda com o ministro das Relações Institucionais, Pepe Vargas. “Tratamos da pauta que teremos que tocar logo na abertura dos trabalhos. O Congresso irá receber algumas medidas essenciais ao País, que precisaremos discutir e votar com a base unida. Muitas delas vão assegurar a manutenção da economia brasileira nos trilhos e isso exigirá muita articulação de todos os líderes”, esclareceu Humberto, que comanda a segunda maior bancada do Senado. Na mesma tarde, o senador seguiu para o encontro da CNB, onde foram discutidas questões preparatórias à reunião do Diretório Nacional do PT, que ocorrerá no próximo dia 6 de fevereiro, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

À noite, a agenda de Humberto foi com o ministro pernambucano Armando Monteiro, que comanda o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, na sede do próprio MDIC. Nesta terça-feira (20) pela manhã, o líder do PT no Senado teve uma longa reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, no Palácio do Planalto, com quem tratou da pauta política e de temas referentes à abertura dos trabalhos legislativos.

Os 14 senadores petistas têm encontro marcado para o próximo dia 31 de janeiro, último sábado do mês e um dia antes da eleição para a Mesa Diretora da Casa. “Nessa ocasião, vamos definir quem irá liderar a nossa bancada em 2015 e quem serão os dois ocupantes da Mesa e os dois presidentes de Comissão que podemos indicar pelo critério de proporcionalidade”, esclareceu Humberto. No mesmo encontro, os senadores do PT também devem definir de quais das 11 Comissões Permanentes do Senado irão participar na condição de titulares e suplentes.

Manifesto de lançamento da pré-candidatura de Maurício Rands a Prefeito do Recife

As correntes internas CNB e PTLM/Recife vêm a público lançar a pré-candidatura do deputado federal e secretário de Governo, Maurício Rands, ao cargo de Prefeito do Recife. Esta decisão foi adotada depois de um intenso processo de reflexão e diálogo com os diversos setores que integram o PT e a Frente Popular.

Temos apoiado incondicionalmente a gestão com todos os seus esforços. Seja incentivando alguns dos nossos melhores quadros políticos a integrarem o governo municipal, seja contribuindo com a governabilidade na Câmara Municipal, seja na condução política.

Acreditamos que o sucesso do PT à frente da Prefeitura do Recife nestes quase 12 anos, deve-se à defesa das bandeiras históricas do partido, como a redução das desigualdades sociais e a implementação de políticas públicas. Também foi fundamental para isso a unidade da Frente Popular, que se repete no governo federal e estadual.

Entendemos que o estilo excessivamente centralizador e avesso às indispensáveis e permanentes negociações com as forças internas do PT, com as lideranças da Frente Popular e do legislativo municipal, terminou por consolidar um ambiente extremamente negativo, aliás, constatado pelo próprio prefeito ao reconhecer que houve um “déficit de diálogo”.

Acreditamos que Maurício Rands hoje tem melhores condições de representar o PT na disputa municipal do Recife. E nós não podemos pecar por omissão. Divergimos do modelo político conduzido pelo prefeito. Mas temos responsabilidade com a gestão. Não buscamos em nenhum momento proferir ataques pessoais e nossas divergências são políticas. Queremos um nível elevado do debate, sem sequelas e com a garantia de o partido se unificará em torno de quem for o vencedor.

Este projeto não tem dono nem representante único. É de todos nós. Norteiam-nos os valores da democracia participativa, da redução das desigualdades e da pobreza, do desenvolvimento includente, da inversão de prioridades e da ética no trato da coisa pública.

Apresentamos a alternativa Maurício Rands com os olhos voltados para o Recife do futuro. Sua trajetória de militante permite-nos acreditar que ele estará à altura da tarefa de levar adiante a herança da Frente do Recife que foi iniciada com o ex-prefeito João Paulo. Líder estudantil na Faculdade de Direito combatendo o regime militar, Maurício continuou sua militância no movimento sindical que começava a romper as proibições do regime. Como dirigente da OAB e professor de Direito da UFPE desenvolveu profundos laços com a sociedade civil organizada. Como secretário de Assuntos Jurídicos do Governo João Paulo e como secretário de Governo de Eduardo Campos acumulou uma experiência administrativa que o credencia à PCR. Como deputado federal, presidente da Comissão de Justiça, membro da CPI dos Correios e líder do PT, Maurício teve papel importante na defesa e consolidação do Governo Lula que, agora capitaneado pela presidenta Dilma, concretizam nossos valores no plano federal. Nessa condição, desenvolveu uma capacidade de articulação nacional que poderá ser muito útil ao avanço do nosso projeto no Recife. Como secretário de Governo de Eduardo Campos, além de ter se familiarizado com os métodos de gestão hoje nacionalmente reconhecidos, teve a oportunidade de travar relações com organismos internacionais públicos e privados que certamente também serão de muita utilidade para nossa cidade.

Queremos continuar mudando o Recife e melhorando as condições de vida do nosso povo. Com o envolvimento de toda a Frente Popular, desejamos avançar nos cuidados com a manutenção da cidade, incrementando a infraestrutura urbana para melhorar nossa mobilidade e acesso aos equipamentos urbanos. Nosso capital humano precisa cada vez mais de escolas de qualidade e de centros de inovação tecnológica. O Recife pode e deve ser uma cidade ambientalmente sustentável e capaz de ser o centro irradiador de um novo Pernambuco que está voltando a ser locomotiva do desenvolvimento nacional.

É com esta perspectiva que pretendemos manter os avanços da atual gestão, aprofundando-os, mas também imprimir mudanças nos padrões de gestão para corrigir as insuficiências que ainda dificultam a realização plena dos nossos valores. Pensamos que a candidatura Maurício Rands terá melhores condições para viabilizar as mudanças gerenciais e políticas que se fazem necessárias. Por isto a lançamos com a ambição de construir um consenso progressivo entre as principais lideranças e militantes do PT, da Frente Popular e da sociedade civil de nossa cidade.

Recife, 30 de março de 2012.
CNB – PERNAMBUCO
PTLM/RECIFE

CNB defende unidade do PT Pernambuco

Corrente majoritária do PT em Pernambuco, a CNB (Construindo um Novo Brasil) realizou hoje (22) um encontro com as principais lideranças do grupo e dirigentes de todas as regiões do Estado. Na pauta da reunião, a organização da tendência para as eleições do próximo ano e a preocupação com a unidade da legenda e da Frente Popular.

Na ocasião, foi aprovada uma nota em que a corrente reafirma os compromissos com as gestões federal, estadual e municipal e faz um apelo pela unidade da legenda em todos os municípios, principalmente no Recife. “Defendemos que as democráticas divergências sejam superadas com toda a urgência”, diz o texto. O grupo defende um prazo para que os problemas do partido sejam resolvidos até fevereiro de 2012 e que sejam definidas “candidaturas competitivas que fortaleçam a unidade do PT e das forças aliadas”.

“A gente precisa se resolver internamente para também resolver com os aliados. Não pretendemos chegar neste prazo com as coisas mal estruturadas”, afirmou um dos coordenadores da corrente, Dilson Peixoto

Durante o evento, dirigentes petistas falaram sobre os cenários locais e regionais e defenderam a ampliação do fortalecimento do partido nas eleições municipais do próximo ano. “Queremos garantir a convivência e o diálogo com todos os companheiros (as) e os militantes do partido e também ouvir as principais solicitações dos diretórios municipais e dos setores sociais”, defendeu Dilson.

A CNB tem hoje cerca de 62 pré-candidatos a prefeito, o único senador do PT no Estado (Humberto Costa), um deputados federal (Pedro Eugênio), cinco deputados estaduais (Isabel Cristina, Odacy Amorim, André Campos, Sérgio Leite e Manoel Santos), dois secretários de governo (Isaltino Nascimento e Maurício Rands) e centenas de vereadores em todo Estado, a dirigência da CUT (Sergio Goiana), da Fetape (Doriel Barros), de vários sindicatos e movimentos estudantis. Mais de 200 pessoas estiveram presentes ao evento.

Fonte: publicado no Blog de Humberto Costa.

CNB-PE promove encontro com lideranças de todo o Estado

As lideranças da tendência Construindo um Novo Brasil de Pernambuco (CNB-PE) se reúnem nesta quinta-feira (22/12), no Hotel Jangadeiro, no Recife, num encontro com representações de todas as regiões do Estado. Estarão presentes no evento os deputados estaduais e federais da tendência, o senador Humberto Costa e o presidente estadual Pedro Eugênio, além de prefeitos, vereadores e lideranças de Pernambuco que integram a CNB.

Na pauta do evento estão temas como o momento político atual, desafios e perspectivas em Pernambuco, o foco nas prioridades para o fortalecimento do PT para as eleições de 2012, estratégias organizativas para os pleitos municipais, alianças políticas no cenário de 2012 e a importância do diálogo interno na CBN com as demais tendências do partido, visando um cenário de unidade para as próximas eleições, bem como com os partidos que integram a Frente Popular.

Ao final do encontro as principais lideranças da CNB-PE concederão uma entrevista coletiva à imprensa para apresentar o resultado final do evento.

Fonte: publicado no Blog de Humberto Costa,
com texto da Coordenação da CBN-PE.