Exu

Em grande ato no sertão, Lula e Humberto pregam derrota de Temer e aliados

Humberto: Lula e Dilma colocaram o Nordeste como prioridade das políticas públicas, algo que jamais havia acontecido na história do Brasil, e mudaram a realidade do Sertão do Araripe. Foto: Roberto Stuckert Filho

Humberto: Lula e Dilma colocaram o Nordeste como prioridade das políticas públicas, algo que jamais havia acontecido na história do Brasil, e mudaram a realidade do Sertão do Araripe. Foto: Roberto Stuckert Filho

 

Arrastando multidões por onde passa com a Caravana do Nordeste, iniciada há exatamente duas semanas, Lula voltou a Pernambuco, nesta quinta-feira (31), numa visita especial ao sertão do Araripe, onde fica Exu, terra de Luiz Gonzaga. Ao lado de Humberto Costa (PT-PE), líder da Oposição no Senado, o ex-presidente foi calorosamente recebido pelo povo sertanejo, que lotou a Praça Voluntários da Pátria, na cidade de Ouricuri.

Em um discurso acalorado, o senador afirmou que, graças aos programas sociais implementados durante os governos de Lula e Dilma, como o Bolsa Família, o Fies, o Minha Casa, Minha Vida, o Mais Médicos e o de construção de cisternas, os nordestinos melhoraram de vida e também deixaram de morrer de fome, principalmente no período de seca.

“Lula e Dilma colocaram o Nordeste como prioridade das políticas públicas, algo que jamais havia acontecido na história do Brasil, e mudaram a realidade do Sertão do Araripe. No passado, infelizmente, a vida era muita dura e as pessoas morriam de fome em tempos de seca”, contou.

Humberto ressaltou que os governos do PT implementaram ainda o Bolsa Estiagem, construíram mais de 1,1 milhão de cisternas e realizaram a transposição do rio São Francisco. “Foram essas ações que garantiram que nenhum nordestino morresse mais de fome num país tão rico como o nosso”, declarou.

Humberto, que foi chamado por Lula de “grande senador e companheiro histórico do PT”, olhou para o rosto do ex-presidente, no palco diante das milhares de pessoas, e comentou que a caminhada extenuante da caravana tem deixado o ex-presidente cansado. Mas, segundo o parlamentar, o rosto de Lula também traz a mensagem de que a missão está sendo rigorosamente cumprida.

“O maior presidente da história do país é um guerreiro. Hoje, faz um ano que os golpistas derrubaram uma presidente legitimamente eleita pelo povo e colocaram o maior ladrão que já passou pela história do Brasil, que é esse Michel Temer (PMDB)”, disparou.

De acordo com o líder da Oposição, a caravana está abrindo os olhos dos nordestinos para o que acontece hoje no Brasil, mostrando que o governo está querendo acabar com os direitos do povo de se aposentar, trabalhar e até de se alimentar e ter uma moradia, cortando o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida.

A Caravana pelo Nordeste começou no último dia 17, em Salvador, e vai se encerrar no próximo dia 5, no Maranhão. No total, serão percorridos 4 mil quilômetros pelos nove estados da região. Humberto esteve ao lado de Lula na saída da caravana, na Bahia, e o acompanhou durante os três dias de intensa agenda por Pernambuco.

No discurso de hoje, Lula prometeu voltar a Pernambuco em 13 de dezembro para participar da Festa do Sanfoneiro, em Exu (PE). Ele deixa o Estado amanhã, quando segue ao Piauí.

No interior, Humberto participa de agenda com lideranças e movimentos sociais

Para Humberto, a ida ao interior é ainda mais importante depois da denúncia feita contra o ex-presidente Lula. Foto: Assessoria de Imprensa HC

Para Humberto, a ida ao interior é ainda mais importante depois da denúncia feita contra o ex-presidente Lula. Foto: Assessoria de Imprensa HC

 

 

Dando prosseguimento às visitas ao interior de Pernambuco, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), cumpre uma longa agenda no Sertão e na Mata Sul neste fim de semana. Nos próximos três dias, o petista visitará 11 municípios: Araripina, Trindade, Exu, Serrita, São José do Belmonte, Carnaíba, Itapetim, Tabira, Água Preta e Ribeirão.

“Estamos visitando as cidades para mostrar à população que podemos nos organizar e lutar para que o povo não perca seus direitos com esse golpe que, a cada dia, se mostra continuado. Não podemos ficar parados e assistir de camarote a esse triste momento da nossa história”, afirmou Humberto. Na agenda do senador, reuniões com lideranças locais e com movimentos sociais.

Para Humberto, a ida ao interior é ainda mais importante depois da denúncia feita contra o ex-presidente Lula. “Precisamos contar a verdade ao povo sobre esses novos acontecimentos. É um absurdo o que estão fazendo com um homem que mudou a vida do nosso país. Mas não vamos esmorecer, continuarei percorrendo o Estado para mostrar à população como o Brasil mudou e que Lula foi o melhor presidente que esse país já teve”, pontuou Humberto Costa.