Plano Brasil Sem Miséria

Humberto garante a prefeitos de Pernambuco empenho por recursos

foto 2

Em reunião com a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) nesta quarta-feira (11) para tratar de temas de interesse dos cidadãos do Estado, o líder do PT no Senado, Humberto Costa, garantiu aos prefeitos e aos cerca de 100 participantes do encontro que podem contar com o empenho dele para a liberação de recursos federais destinados aos principais programas e obras executados no Estado.

No encontro, realizado na Câmara dos Deputados e presidido pelo prefeito de Afogados de Ingazeira, José Patriota (PSB) – também presidente da Amupe -, Humberto afirmou que vai se empenhar junto ao Governo Federal para contemplar, principalmente, a construção do Arco Metropolitano e a duplicação das rodovias federais no Estado.

Além disso, o senador declarou que vai trabalhar por mais recursos destinados a obras fundamentais de segurança hídrica, incluindo os projetos da Transposição do Rio São Francisco e das adutoras do Pajeú e do Agreste, e no setor energético.
Porém, o parlamentar observou que, provavelmente, este ano será difícil para todos em razão dos ajustes fiscais feitos pelo governo a fim de recuperar o crescimento econômico do país.

Humberto destacou ainda que dará prioridade na agenda em Brasília para garantir os avanços dos programas sociais como o Mais Médicos e o Bolsa Família no Estado. Um estudo divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento Social mostra que o percentual de pernambucanos em pobreza crônica caiu de 11,3%, em 2004, para 0,9%, em 2013.

“Isso significa que, nos últimos 10 anos, quase 900 mil pessoas saíram dessa situação crítica, inaceitável. A diminuição ocorreu graças, principalmente, às ações do Bolsa Família e do plano Brasil sem Miséria, que conseguiram alcançar o núcleo mais resistente da pobreza”, afirmou.

O indicador da pesquisa do ministério foi feito com base em dados fornecidos pela Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (PNAD) e em metodologia adotada pelo Banco Mundial.

O líder do PT lembrou ainda as conquistas alcançadas com a implementação do Mais Médicos em Pernambuco. De acordo com o senador, mais de 77% das cidades pernambucanas ingressaram no programa para a melhora da qualidade de vida de 2,3 milhões de pessoas. Quase 700 médicos atuam na unidade federativa.

O próximo passo do Governo Federal, sublinhou o parlamentar, é implantar o programa Mais Especialidades, focado em oferecer atendimento ao cidadão em três setores carentes da medicina: cardiologia, ortopedia e oftalmologia.