Anvisa pretende regulamentar consumo e fabricação da ração humana

A chamada ração humana, que já esteve em moda nas dietas alimentares, agora está na mira da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo o órgão regulamentador, a mistura pode fazer mal à saúde se usada de forma inadequada e se trouxer substâncias que ainda não possuem eficiência comprovada. Assim, com o objetivo de evitar que os consumidores sejam enganados, os fabricantes terão que fazer mudanças nos rótulos e no uso de determinados ingredientes, podendo, em caso de desobediência, pagar multa de até um R$ 1,5 milhão. Assista a matéria do jornal NBR sobre o assunto:

Show CommentsClose Comments

Leave a comment