Banda larga a R$ 35 pode chegar as primeiras localidades em julho

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta semana que algumas localidades poderão contar com internet banda larga com 1 megabit por segundo (Mbps) de velocidade por R$ 35 já a partir de julho, dentro do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Segundo ele, em pelo menos sete estados haverá isenção de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que pode baixar o preço para R$ 29,90.
De acordo com a Telebras, as primeiras localidades conectadas por meio do PNBL serão Samambaia (DF), Recanto das Emas (DF), Santo Antônio do Descoberto (GO), Anápolis (GO), Senador Canedo (GO) e Aparecida de Goiânia (GO).
Bernardo disse que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) votará nesta quinta (2/5) o Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU) da telefonia fixa, que prevê a possibilidade de licitação da faixa de frequência 450 megahertz (MHz) para a ampliação do acesso à telefonia rural. “Podemos fazer atribuição da faixa ou licitação.”
O presidente da Telebrasil, Antônio Carlos Valente, destacou a evolução do setor de telecomunicações e disse que a massificação do acesso à internet não vai resolver os problemas de inclusão da sociedade brasileira. “Por mais importante que seja a conectividade, é fundamental a criação de mecanismos de incentivo à aquisição de computadores e a capacitação de usuários, estudantes e professores”.
Fonte: Agência Brasil.
Imagem: reprodução da internet/www.jobajob.com.br.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment