Com nova visita, Dilma dá início à reconquista de Pernambuco

Pernambuco está na rota de Dilma e Lula, que já estiveram juntos em Cabrobó.  Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Pernambuco está na rota de Dilma e Lula, que já estiveram juntos em Cabrobó.      Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Disposta a reconquistar o coração dos pernambucanos, a presidenta Dilma Rousseff desembarca no Estado, na próxima sexta-feira (21), para inaugurar um novo ciclo do seu segundo mandato. Para o líder do PT no Senado, Humberto Costa, que partirá de Brasília com a comitiva presidencial, Dilma quer intensificar o diálogo com uma população que foi fundamental para as suas eleições, especialmente a do segundo turno de 2014.
“A presidenta tem uma imensa gratidão ao povo nordestino, especialmente aos pernambucanos, e é preciso estreitar o canal de comunicação entre a população e o nosso governo. Nesses últimos meses, a agenda política provocou uma perda da qualidade do diálogo, e a queda dos índices de aprovação de Dilma no Nordeste refletem isso”, avaliou Humberto.
“Nós estamos atentos às queixas, mas sentimos o carinho, sentimos que os nordestinos, os pernambucanos cobram essa reaproximação e é isso que a presidenta quer fazer: reconquistar corações e retomar o terreno perdido.” É a terceira visita presidencial a Pernambuco desde o início do segundo mandato.
A presidenta Dilma chega, na manhã da sexta, ao aeroporto de Petrolina e parte diretamente para Cabrobó, no Sertão pernambucano. No município, ela vai entregar a primeira Estação de Bombeamento EBI-1 do Eixo Norte da transposição do rio São Francisco, que entrou em fase de testes na semana passada. A operação levou água por nove quilômetros até chegar ao reservatório de Tucutú, o primeiro do eixo.
No mesmo evento, Dilma assina Termos de Compromisso para Abastecimento de Água com os Governos de Pernambuco e do Ceará. Os sistemas elétricos, válvulas, instrumentos de supervisão, painéis e motores, além do fornecimento de energia elétrica em alta tensão, também estão sendo testados. O projeto de integração do rio São Francisco chega, neste mês, com 78% concluídos.
Show CommentsClose Comments

Leave a comment