Dilma anuncia prorrogação da redução do IPI para automóveis

A presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta semana durante cerimônia de abertura do 27º Salão Internacional de Automóveis de São Paulo, a prorrogação da redução de IPI até 31 de dezembro. O regime especial iria terminar no final deste mês. Além do anúncio, Dilma também defendeu a substituição da importação de componentes automotivos por outros fabricados no País, medida presente no novo regime automotivo brasileiro, o Inovar-Auto.
“Este País terá de ser um lugar no qual se gere elos e cadeia produtiva sustentáveis da indústria de autopeças, de automotores e transmissão, complementada com a produção internacional, mas aqui tem que ter essa produção. Não é possível que a gente ache que o nosso País não é capaz de gerar conhecimento científico e tecnológico na indústria automobilística”, disse.
Para Dilma, o regime automotivo é fruto de um novo momento do País, com a ascensão de 40 milhões de pessoas à classe média, que passaram a ter acesso ao crédito e a vislumbrar a possibilidade de comprar o carro com que sempre sonharam. “Nós queremos gerar tecnologia. Nosso País tem o desafio da produção, e produzir vai significar para o País ter uma enorme capacidade de inovar”, completou.
O Inovar-Auto visa incentivar a substituição de componentes importados por nacionais, a competitividade, a fabricação de carros mais seguros e econômicos e o investimento em pesquisa e desenvolvimento. As empresas que se comprometerem com as metas do programa poderão usufruir de um crédito presumido do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de até 30 pontos percentuais.
Fonte: Liderança do PT no Senado, com informações de agências de notícias.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment