Governo Temer vai subir impostos penalizando ainda mais os brasileiros, denuncia Humberto

Para Humberto,  essa medida vai penalizar ainda mais os mais pobres. Foto: Alessandro Dantas/ Liderança do PT no Senado
Para Humberto, essa medida vai penalizar ainda mais os mais pobres. Foto: Alessandro Dantas/ Liderança do PT no Senado

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nessa quinta-feira (23) que vai aumentar impostos já existentes e acabar com desonerações em diversos setores para cobrir um rombo “extra” de R$ 58,2 bilhões para o cumprimento do déficit primário que já estava estimado em R$ 139 bilhões. O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa, afirmou que essa medida vai penalizar ainda mais os mais pobres.
“Esse Temer golpista está levando o Brasil para o fundo do poço e está direcionando as maiores perdas para o povo que já está sofrendo com a crise. Eles vendem soluções irresponsáveis que já sabíamos que não daria certo. Com isso, os brasileiros, principalmente os mais humildes, serão os mais prejudicados”, alertou o petista.
O ministro Meirelles afirmou que fará cortes de gastos, aumento de impostos, como por exemplo, PIS/Cofins, além de retirar isenções fiscais em diversos setores, sem detalhar quais seriam. Ele também não descartou um reajuste na tabela do Imposto de Renda a partir de 2018, que antes estava descartado pelo governo.
“Eles devem cortar recursos das áreas sociais, pois não têm o mínimo de comprometimento com o povo mais pobre. A inversão de prioridades deles é beneficiar os mais ricos e prejudicar os que mais precisam. Esse pessoal deveria ir atrás para taxar as grandes fortunas e não prejudicar a população que sempre viveu à margem da sociedade e que durante os governos Lula e Dilma conquistaram direitos” alegou o senador.
O Governo Federal deverá fazer o anúncio oficial desse aumento de impostos e diversos outros cortes nos próximos dias. “Tudo o que é projetado por esse governo não acontece. Sempre se esquivaram quando se falava em aumento de impostos e agora anunciam esse aumento. Disseram que não tinham prazo para mexer na tabela de imposto de renda e agora já anunciam para o ano que vem. É um golpe atrás do outro que estamos levando desse governo não eleito de Temer”, lamentou Humberto Costa.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment