Humberto Costa diz que falta de médicos no interior ainda é desafio e propõe soluções

O senador Humberto Costa (PT-PE) disse nesta quarta-feira (20/3) que apesar do aumento do número de médicos no Brasil, a má distribuição desses profissionais pelo país ainda é um desafio. O parlamentar comentou em pronunciamento dados do segundo volume do estudo “Demografia Médica no Brasil”.
A pesquisa divulgada na última segunda (18/3), pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), aponta que o número de médicos para cada grupo de mil habitantes na região Sudeste é mais do que o dobro do Norte. Enquanto que em Vitória (ES) o número de médicos por mil habitantes é de 11,61; em Macapá (AP), o índice é de 1,38 médicos, abaixo da média nacional. “Existe no Brasil uma carência de médicos, principalmente em áreas mais afastadas das grandes capitais”, observou o senador.
A situação é ainda pior, segundo o senador, quando observada exclusivamente a taxa de médicos por habitantes no Sistema Único de Saúde (SUS). Ela é a metade da taxa média apresentada no país. O trabalho mostra que nos serviços públicos a razão é de um 1,11 médico para cada mil habitantes. “O quadro de falta de profissionais é ainda mais alarmante no SUS e é portanto a população mais carente, que usa exclusivamente o SUS, a que mais sofre “, disse o senador.
Soluções – Humberto Costa disse que o governo federal está atento ao problema e destacou como iniciativa para melhorar a distribuição de profissionais no país como a criação do Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica – Provab, que estimula a atuação de profissionais em periferias e municípios do interior.
Humberto Costa também afirmou que é favorável ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 399/2011, que trata da revalidação de diplomas emitidos por instituições estrangeiras de ensino superior.
“Porém defendo que a revalidação de diplomas não ocorra de forma automática. É preciso também garantir que os médicos estrangeiros venham trabalhar em regiões com maior déficit”, assinalou.
Fonte: Agência Senado.
Foto: André Corrêa / Liderança do PT no Senado.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment