Humberto quer que Congresso Nacional regulamente greve no serviço público

A greve da Polícia Militar na Bahia, que eclodiu no início de fevereiro de 2012, levou o senador Humberto Costa (PT-PE) a fazer duras críticas aos policiais que teriam extrapolado suas funções e radicalizado com atos de violência que ameaçam a população nas ruas de Salvador. “Não é possível tolerar que agentes da ordem, policiais militares, peguem em armas para ameaçar a população e a ordem pública. Isso é vandalismo. E é intolerável num regime democrático”, discursou o senador, na tribuna do Senado Federal.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment