Humberto discute agora a aprovação da reforma política


Um dos principais defensores da reforma política no Brasil, o senador Humberto Costa dedicou parte desta semana para discutir e defender o tema nacionalmente. Nesta quarta-feira, o líder do PT no Senado participou da última reunião da Comissão Especial da Reforma Política e manteve conversas com o presidente da Casa, José Sarney (PMDB), e o presidente do PT, Rui Falcão, sobre a aprovação da proposta final, que inclui duas das principais bandeiras históricas de sua legenda: o voto em lista fechada e o financiamento exclusivamente público de campanhas eleitorais.
Humberto e um grupo de parlamentares, que participaram da Comissão, entregaram o projeto a Sarney e receberam a promessa de votação prioritária no Senado: “Vamos quebrar esse tabu de que não se faz a reforma política no Brasil”, disse o presidente. Todas as matérias originadas no Conselho passarão por análise do próprio presidente e começarão a tramitar na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) assim que forem recebidas pela Mesa do Senado e numeradas. A expectativa é que a proposta da reforma seja votada até 6 de julho na CCJ.
Ainda nesta quarta, Humberto seguiu para encontro com parlamentares petistas e novo presidente do partido. A ideia é que o PT lidere um movimento junto com outras legendas governistas e feche questão em torno dos principais pontos da reforma. Na próxima semana, o PT pretende promover encontro com partidos aliados para debater o tema em Brasília. “A reforma política precisa ser debatida com toda a sociedade por ser essencial para o aperfeiçoamento da nossa democracia. O PT está nesta luta porque sabe o quanto as medidas serão importantes para o País”, enfatizou Humberto.
Nesta quinta-feira (19/5), o senador viaja para Belo Horizonte, em Minas Gerais, onde participa de debate sobre o assunto e apresenta as principais propostas feitas pelo PT. O debate acontecerá em uma Audiência Pública na Assembléia Legislativa do Estado, por volta das 14h.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment