Na luta para preservar e promover os direitos dos trabalhadores

Estamos presentes nesta luta. Uma luta para preservar e promover os direitos dos trabalhadores, disse o senador.  Foto: João Carvalho
Estamos presentes nesta luta. Uma luta para preservar e promover os direitos dos trabalhadores, disse o senador. Foto: João Carvalho

 
Cerca de mil e quinhentas pessoas participaram nesta sexta feira (1) , no Recife, das comemorações em homenagem ao Dia do Trabalhador. O líder do PT no Senado, Humberto Costa, acompanhou de perto o ato que começou logo cedo, com uma grande concentração na Praça Osvaldo Cruz, no bairro da Boa Vista, local conhecido por sempre reunir grandes manifestações. Uma grande passeata seguiu pelas principais vias pelo Centro da cidade e terminou com uma série de discursos, em frente ao Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco no bairro de Santo Antônio, também região central.
Além de comemorar o 1o de Maio, o ato lembrou os protestos de professores do Paraná, na última quarta-feira, quando mais de 200 pessoas saíram feridas depois que a Polícia Militar, considerada truculenta, reprimiu os grevistas com o uso de bombas de gás, cacetetes e spray de pimenta. A ação foi repudiada ontem por Humberto Costa, durante discurso no plenário do Senado.
“Gostaria aqui de expressar o meu mais profundo repúdio, do meu partido e da nossa bancada ao excesso de força da PM daquele Estado, governado pelo Sr. Beto Richa, do PSDB”, disse o senador durante o discurso. Nesta sexta-feira, o líder do PT voltou a lembrar os protestos na Região Sul, mas citou também a luta dos profissionais da educação em Pernambuco.
A professora Danielle Camelo seguiu a passeata desde o início e ficou feliz em representar os educadores. “É importante nossa participação direta nas ruas, para lembras a importância de nossa profissão. A violência contra os professores não aconteceu somente no Paraná, esta semana. Ela acontece diariamente, no nosso dia a dia, com a falta de apoio e baixo reconhecimento salarial”, ressaltou. Humberto também lembrou da luta pelos profissionais no Estado, em greve há 21 dias. “Aqui em Pernambuco, nós estamos com os professores em estaduais. Queremos aqui chamar a responsabilidade do Governo do Estado para que negocie, que encontre uma saída e que garanta a educação”, comentou.
“Viemos aqui em nome do PT e também em nome do meu mandato como senador para dizer que estamos presentes nesta luta. Uma luta para preservar e promover os direitos dos trabalhadores “, disse.
As homenagens ao Dia do Trabalhador terminaram com uma grande ciranda em frente a Praça da República, um dos marcos históricos do Recife.
 
 

Show CommentsClose Comments

Leave a comment