Produção industrial brasileira cai no governo Temer, diz Humberto

Humberto: Não conseguimos sair desse buraco que Temer cavou com suas próprias mãos. Foto: Roberto Stuckert Filho
Humberto: Não conseguimos sair desse buraco que Temer cavou com suas próprias mãos. Foto: Roberto Stuckert Filho

 
Números divulgados pelo IBGE revelam uma queda de 1,8% na produção industrial brasileira em abril, no comparativo com o mês de março. Dos 24 ramos pesquisados pelo IBGE, 15 tiveram resultado negativo. Para o líder da Oposição, Humberto Costa (PT), os números mostram que há um agravamento da recessão no País.
“O governo fica tentando vender a falácia de que a economia está melhorando, mas os números não mentem e o que a gente vê é uma gestão incompetente, que mantém os privilégios dos mais ricos, enquanto acaba com os direitos dos mais pobres. São cerca de 14 milhões de desempregados no País. Não conseguimos sair desse buraco que Temer cavou com suas próprias mãos”, disse o senador.
Segundo dados do IBGE, a produção industrial em todo o ano de 2017 permaneceu com comportamento “predominantemente negativo”. Em janeiro, a queda havia sido de 0,4% em relação ao mês imediatamente anterior. Em fevereiro, a variação foi nula, na mesma base comparativa.
Para Humberto, a dificuldade de garantir retomada da economia no governo de Michel Temer se deve a falta de incentivo a setores essenciais para o crescimento econômico. “A gestão peemedebista não consegue fazer a roda girar. Não há investimento para as empresas, nem na educação e na ciência. Não temos como fazer o País voltar a crescer com esse governo ilegítimo tentando implantar essa pauta negativa e acabando com o futuro e a esperança dos brasileiros. O nosso povo precisa ser valorizado para voltar a acreditar em si, a consumir e garantir o desenvolvimento”, afirmou.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment