Quem apostou contra o Brasil é verdadeiro derrotado da Copa, diz Humberto

Foto: PT no Senado
Foto: PT no Senado

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), declarou nesta terça-feira (15) que o governo não vai deixar de comemorar o sucesso do Brasil na realização da Copa do Mundo. Em discurso na tribuna, o parlamentar avaliou que o êxito do maior evento esportivo do planeta ocorrido no país é resultado do esforço feito pelo governo federal. Ele lamentou que o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, e o partido, por meio de nota do Instituto Teôtonio Vilela, tenham criticado o governo por querer se apropriar politicamente do evento.
“Ainda hoje vi tristemente essa nota do PSDB. Nós realmente queremos nos apropriar da Copa. É verdade. Se houvesse fracasso, iriam nos rotular de sócios do fracasso. Mas nós ganhamos pela competência do governo e do povo brasileiro. Que a oposição ache ruim, reclame e aprenda a fazer algo semelhante pelo bem de nosso país”, afirmou.
Humberto ressaltou que, antes do início do mundial, a oposição detonou a organização do evento. Segundo ele, o senador Aécio Neves falou que éramos o país do improviso, de um cemitério de obras inacabadas, enquanto o presidenciável do PSB, Eduardo Campos, apontou que nada ficaria pronto a tempo de receber o evento. Parte da imprensa brasileira chegou a calcular que o Maracanã só ficaria pronto em 2038.
“Quem jogou fora de campo contra o Brasil, jogou de uma forma suja e desleal, que não engrandeceu nem o país nem o debate político. Por isso, foram derrotados – eles, sim – de forma humilhante nessa aposta torta feito contra o Brasil e as competências do nosso povo”, observou.
Para o líder do PT no Senado, os dados divulgados ontem pelo governo mostram que o país deu uma demonstração de sua força. “Não houve apagão, não houve caos aéreo. Muito pelo contrário. Batemos recorde de passageiros voando em um mesmo dia. A imprensa internacional deu um show de reconhecimento à capacidade do Brasil em sediar o mundial”, disse.
Humberto lembrou que pesquisa Datafolha publicada hoje reforça o sucesso do evento. O levantamento mostra que 83% dos estrangeiros avaliaram positivamente a realização da Copa, 92% aprovaram o conforto e segurança dos estádios e 95% deles asseguram que irão voltar ao país.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment