Temer entrega aeroportos brasileiros para empresas estrangeiras, alerta Humberto

Humberto: Realmente, esse Temer golpista está cumprindo o que falou que iria fazer: vender o Brasil. Foto: Alessandro Dantas/ Liderança do PT no Senado
Humberto: Realmente, esse Temer golpista está cumprindo o que falou que iria fazer: vender o Brasil. Foto: Alessandro Dantas/ Liderança do PT no Senado

Cumprindo com a máxima de “vender tudo o que puder”, o Governo Temer anunciou, na última semana, a privatização de quatro aeroportos brasileiros. Todos eles serão explorados por grupos estrangeiros. Para o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT), o governo vem desenhando um grande desmonte do patrimônio público brasileiro.
“Estamos entregando uma mina de ouro, que são os nossos aeroportos, para empresas de capital internacional. Realmente, esse Temer golpista está cumprindo o que falou que iria fazer: vender o Brasil”, lamentou Humberto.
Os aeroportos em questão foram os de Fortaleza (CE), Salvador (BA), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS). Todos foram arrematados por empresas estrangeiras, sem a mínima participação de instituições brasileiras. Os grupos vencedores foram: a francesa Vinci, a alemã Fraport, que arrematou os aeroportos de Fortaleza e de Porto Alegre, e a suíça Zurich.
Juntos, os quatro aeroportos “renderam” aos cofres da União o valor de R$ 3,72 bilhões. “Esse presidente não eleito está dizendo que o dinheiro das privatizações e concessões vai ajudar a ‘salvar’ o Brasil. Mas quando não tivermos mais nada para vender, ele vai fazer o quê?”, indagou o parlamentar petista.
Humberto ainda lembrou que o Governo Federal anunciou, no início do mês, um grande pacote de concessões envolvendo 55 projetos que estarão disponíveis para a venda. “Eles querem entregar o Brasil para o capital estrangeiro a qualquer custo. Não é assim que se administra um país. Estamos caindo em um poço sem fundo, mas lutarei arduamente aqui no Senado para que isso não aconteça”, prometeu Humberto Costa.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment