Senador Humberto Costa elogia novo pacote de Dilma contra a seca


O senador Humberto Costa (PT/PE) comemorou os investimentos anunciados hoje pela presidente Dilma Rousseff no encontro com governadores do Nordeste, no Centro de Eventos de Fortaleza (CE). Na ocasião, a presidente anunciou novas medidas de convivência com a seca, com um investimento total de R$ 9 bilhões.
“Esta atenção do Governo Federal com os estados do Nordeste é muito importante, principalmente, para as pessoas que convivem com a seca. Além de ampliar os programa sociais, como o Garantia-Safra e o Bolsa Estiagem, que ajudam instantaneamente a população do semiárido, Dilma fez mais e anunciou novas metas para a perfuração de poços, a distribuição de carros-pipas, de milho e de máquinas para governos e prefeituras”, afirmou o senador que integrou a comitiva que participou do evento.
As medidas anunciadas hoje pelo Governo Federal estão divididas em três frentes de trabalho, são elas: abastecimento de água (com o crescimento da Operação Carro Pipa, da construção de cisternas e da perfuração e recuperação de poços), apoio ao agricultor (com a continuação e ampliação do Garantia-Safra, do Bolsa Estiagem, da venda de milho e da linha de crédito emergencial e com a renegociação da dívida dos agricultores afetados) e apoio aos municípios (com a ampliação do PAC equipamentos, a simplificação no repasse de recursos, a criação da Força Nacional de Emergência e a construção do portal Observatório da Seca).

“Todos sabem que nos últimos 10 anos o Nordeste cresceu mais do que o Brasil e não podemos deixar que a seca leve todo este esforço e investimentos pelo ralo. A seca é uma realidade no País e teremos que conviver com ela, mas vamos conviver com a capacidade de preveni-la e superá-la”, garantiu a presidente Dilma durante o evento. A presidente também reafirmou o compromisso do seu governo em realizar obras estruturantes que resolvam os problemas do semiárido a longo prazo.
“Importante dizer ainda que a renegociação das dívidas, anunciada hoje pelo Governo Federal, beneficiará e muito aos produtores, que agora terão mais 10 anos para pagar as suas dívidas – começando em 2015 e 2016. Agora é ajudar, no Congresso Nacional, a fiscalizar estas obras e ações, para que elas realmente funcionem, amenizem os efeitos desta estiagem prolongada e resolvam a seca a longo prazo”, disse o senador.
Texto e foto: gabinete do senador Humberto Costa.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment