Dilma anuncia novas medidas de estímulo à economia brasileira

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta semana novas medidas de estímulo à economia que incluem a redução da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) de 6% ao ano para 5,5% ao ano e um programa de compras governamentais que vai privilegiar o conteúdo nacional no valor de R$ 8,4 bilhões. O objetivo é manter o crescimento econômico, a geração de emprego e a melhoria da renda das pessoas, já que o cenário internacional indica retração por causa da crise europeia.
As medidas, chamadas anticíclicas, têm por objetivo manter a economia num ritmo forte pela expectativa de produção interna desses equipamentos que serão adquiridos pelo governo. Com isso, a redução da TJLP torna o crédito mais barato e, ao mesmo tempo, incentiva os investimentos produtivos.
Mantega explicou que as compras do governo, no valor de R$ 8,4 bilhões, fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Equipamentos – Programa de Compras Governamentais) lançado hoje e se somarão aos investimentos gerais do PAC da ordem de R$ 51 bilhões. Inicialmente, esse valor seria de R$ 42,6 bilhões.
O efeito das medidas deverá ser notado a partir do segundo semestre e contribuir para que a economia encerre este ano com crescimento entre 4% e 4,5%. Hoje, pesquisas do mercado indicam que a projeção do crescimento está em 2,18%. “A crise europeia continua piorando e está deprimindo o crescimento da economia mundial, que será de 3% em 2012”, disse Mantega.
Compras – O governo vai adquirir 8 mil caminhões para equipar as Forças Armadas, os estados e municípios que enfrentam problemas climáticos. O gasto será de R$ 2,280 bilhões. Serão adquiridas 3.000 patrulhas – equipamentos que são usados pelos municípios para aumentar a produção – cujos gastos serão de R$ 870 milhões.
Para melhorar as estradas vicinais e o escoamento da produção dos municípios, serão adquiridas 3.591 retroescavadeiras, no valor de R$ 650 milhões e 1.330 motoniveladoras, no valor de R$ 638,6 milhões. Serão adquiridas 50 perfuratrizes, no valor de R$ 13,5 milhões, para trabalhar na prospecção na região da seca.
Na área da Saúde, serão adquiridos 2.125 furgões ambulância, no valor de R$ 326,3 milhões e mil furgões odontomóveis, no valor de R$ 154,2 milhões.
O governo também vai comprar 160 vagões para melhorar o transporte urbano das grandes cidades, atendendo a CBTU e a Transurb. Para a segurança pública, serão adquiridas 500 motocicletas, pelo valor de R$ 22,3 bilhões, que serão de uso da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal. Na área de Defesa, serão adquiridos 40 blindados Guarani, no valor de R$ 342,4 milhões e 30 lançadores de míssil Astro 2020, no valor de R$ 246 milhões.
O governo anunciou que, no âmbito do PAC geral, tem a meta de construir pelo menos 6.116 novas quadras escolares cobertas e 4 mil coberturas para as quadras já existentes.
Fonte: por Marcello Antunes, da Liderança do PT no Senado, com agências de notícias.
Foto: Agência Brasil.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment