Humberto diz que cortes em investimentos nos esportes podem acabar com legado Olímpico

Para Humberto, a decisão já provoca incertezas sobre o desempenho dos atletas em competições, inclusive nas próximas Olimpíadas. Foto: Alessandro Dantas/ Liderança do PT no Senado
Para Humberto, a decisão já provoca incertezas sobre o desempenho dos atletas em competições, inclusive nas próximas Olimpíadas. Foto: Alessandro Dantas/ Liderança do PT no Senado

 
Com o melhor desempenho em Olimpíadas alcançado este ano na Rio 2016, os atletas brasileiros agora correm o risco de perder os incentivos previsto pelo governo da presidente Dilma Rousseff (PT) . A gestão interina do presidente Michel Temer (PMDB) decidiu suspender o Edital de Chamada Pública nº 1/2016, que destinava R$ 150 milhões para investimentos em projetos de apoio às modalidades esportivas.
A portaria foi publicada no dia 11 de maio e suspensa no último dia do mês, já pelo governo interino de Temer. A suspensão segue em vigor “por tempo indeterminado”. Para o líder do PT no Senado, Humberto Costa, a decisão já provoca incertezas sobre o desempenho dos atletas em competições, inclusive nas próximas Olimpíadas, no Japão, em 2020.
“Isso gera um ambiente de dúvidas. O que a gente está vendo nessas competições é um esforço gigante dos atletas brasileiros para conseguir garantir uma alta performance, tanto que, mesmo antes do término dos jogos, já temos o melhor desempenho do Brasil em Olimpíadas nestes jogos Rio. Mas todo esse legado esportivo pode cair por terra sem incentivos que ajudem esse legado olímpico a continuar”, afirmou Humberto.
O senador também destacou as políticas de incentivo ao esporte dos governos Lula e Dilma e lembrou o programa Bolsa Atleta. “Nos governos do PT, os esportistas passaram a ter mais incentivos. Foi no governo Lula que foi criado o Bolsa Atleta, maior programa de patrocínio individual de esportistas do mundo. O programa, que começou beneficiando 975 atletas, chegou a 6.093 no governo Dilma. Claro que isso também ajudou o Brasil a fazer a diferença nesses jogos Olímpicos. É só olhar o quadro de medalhas”, disse o senador. Nomes como o de Rafaela Silva, que ganhou o ouro no Judô e de Felipe Wu, prata no tiro são beneficiários do programa.
 
 

Show CommentsClose Comments

Leave a comment