Investimento pode chegar no pior nível da década em 2018, alerta Humberto

Para Humberto, o corte nos investimentos pode agravar ainda mais a crise econômica no País. Foto: Roberto Stuckert Filho
Para Humberto, o corte nos investimentos pode agravar ainda mais a crise econômica no País. Foto: Roberto Stuckert Filho

 
Em queda desde que Michel Temer (PMDB) assumiu a presidência da República, os investimentos públicos podem chegar ao pior nível da década, no ano que vem. Para atender às regras do teto de gastos públicos, o governo planeja reduzir em pelo menos R$ 14 bilhões o total de recursos em 2018, uma queda de mais de 11%, no comparativo com este ano. Temer, inclusive, ameaça realizar um corte ainda maior, caso os projetos de adiamento do reajuste dos servidores e ressarcimento pela desoneração da folha de pagamento não sejam aprovados pelo Congresso ainda este ano.
Para o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT), o corte nos investimentos pode agravar ainda mais a crise econômica no País. “É inconcebível o quando estamos andando para trás com esse governo. No momento em que estamos mais precisando de recursos para alavancar a economia e gerar empregos, Temer faz exatamente o contrário”, afirmou.
Humberto acredita que as medidas devem paralisar projetos estratégicos no País em 2018. “As universidades públicas estão com dificuldade até de pagar as contas de luz. Ações importantes como o programa de cisternas estão parados. Acabaram com os recursos para pesquisa científica no País. Tudo isso aconteceu este ano. Imagine no ano que vem”, avaliou.
O senador ainda lembrou que o governo Temer segue gastando muito e mal. “As contas públicas acumulam um rombo de 77 bilhões este ano. Mas só quem vê a cor deste dinheiro são os parlamentares que participam do leilão da compra de votos que Temer vem fazendo, à luz do dia, no Congresso Nacional. A população segue sofrendo com os desmandos desse grupo político que tomou de assalto a Nação. Quando Temer assumiu disse que ia fazer um governo de salvação nacional, mas a verdade é que ele faz, única e exclusivamente, um governo para salvar a sua pele e a dos seus aliados”, acrescentou o líder petista.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment