“Modelo Temer levou o Brasil ao abismo”, afirma Humberto

Para Humberto, o modelo econômico de Temer fracassou e levou o Brasil à pior crise da história. Foto: Alessandro Dantas/ Liderança do PT no Senado
Para Humberto, o modelo econômico de Temer fracassou e levou o Brasil à pior crise da história. Foto: Alessandro Dantas/ Liderança do PT no Senado

 
Dados divulgados pelo IBGE nesta terça-feira (7), que confirmam a queda do Produto Interno Bruto (PIB), 3,6% e apontam a crise vivida hoje no Brasil como a pior da história do País fizeram o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE) aumentar o tom das críticas à política econômica do governo de Michel Temer (PMDB).
Para o senador, o modelo econômico defendido por Temer “levou o país ao abismo”. Ele explica: “quando tomou o poder, Temer disse que faria um governo de salvação nacional. Quase um ano depois, o que a gente vê é alguém preocupado em salvar a própria pele e a dos seus aliados. O modelo econômico de Temer fracassou e levou o Brasil à pior crise da história. Pela primeira vez desde 1996, todos os setores da economia registraram taxas negativas”.
Para Humberto, a política de cortes do governo peemedebista penaliza apenas os mais necessitados. “No momento em que o Brasil precisa de investimento, que precisa fazer a roda girar, o que a gente vê é o governo Temer mantendo os privilégios dos mais ricos e castigando os mais pobres. A política do arrocho é extremamente danosa ao País”, afirmou.
O senador também questionou a possibilidade de aumento de impostos defendida por setores da gestão de Temer. “Essa gestão temerária, que cavou um buraco do qual o País não consegue sair, agora fala em aumento de impostos. O que se quer, mais uma vez, é cortar na pele do trabalhador”, concluiu Humberto.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment