Contra a corrupção, Humberto defende novamente o financiamento público de campanha


O líder do PT e do Bloco de Apoio ao governo no Senado Federal, Humberto Costa (PE), defendeu mais uma vez nesta quarta-feira (17/8), na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, o projeto de financiamento público das campanhas eleitorais (PLS 268/2011). De acordo com o Senador, o financiamento público é importante para garantir uma participação mais ampla e popular de candidatos nas eleições, e não somente aquele que tem “um caixa robusto” e “vínculos fortes com os financiadores”. Além disso, acrescentou Humberto, a matéria é fundamental para reduzir a corrupção no Brasil.
“O simples fato de ter uma lei contra a corrupção não vai eliminar o problema, mas pelo menos vai inibir”, entende Humberto. De acordo com o senador, o financiamento público de campanha também tornará mais transparente o repasse de recursos para as campanhas o que torna mais fácil a fiscalização pelos órgãos de controle, como o Ministério Público e o Poder Judiciário.
“Só consigo acreditar no discurso anticorrupção daqueles que abraçam essa causa”, disse Humberto, na CCJ. O projeto recebeu voto contrário do relator, senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) e voto em separado do senador José Pimentel (PT-CE), pela adoção do financiamento público de campanha.
Texto: Ines Andrade.
Foto: José Cruz / Agência Senado.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment