Pernambuco é vanguarda na adesão ao programa Crack, é possível vencer


O senador Humberto Costa (PT-PE) falou nesta quarta-feira (14/3), no Plenário do Senado, sobre a importância do lançamento do Programa de Combate ao Crack no Recife. “Foi dado hoje em Pernambuco o pontapé inicial do programa do Governo Federal ‘Crack, é possível vencer’, estratégia lançada no ano passado e que reúne várias iniciativas importantes no combate a um dos grandes males que corroem hoje a nossa sociedade e, em especial, a juventude brasileira”, disse.
O estado de Pernambuco e o município de Recife são os primeiros a formalizar a adesão ao programa. “Recife foi escolhido como uma das capitais prioritárias nas ações de enfrentamento do problema, ao lado de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Fortaleza e Porto Alegre”, afirmou Humberto.
O senador, que é médico psiquiatra, lembrou que, de acordo com dados do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas, somente em Pernambuco, mais de 100 mil são usuárias de drogas.
Ele destacou que, na manhã desta quarta-feira, o prefeito João da Costa, o governador Eduardo Campos e os ministros da Saúde, Alexandre Padilha, e da Justiça, José Eduardo Cardozo, assinaram nesta manhã o termo de adesão ao programa, envolvendo as áreas de saúde, segurança e desenvolvimento social. “Esse é um dos grandes méritos do plano, atuar em diferentes e complementares eixos, em vez de focar em apenas um aspecto do problema das drogas”
Humberto destacou que, entre as ações que serão desenvolvidas na área da saúde na capital Pernambucana estão o aumento de leitos de desintoxicação, criação de um novo Centro de Atenção Psicossocial em Álcool e Drogas 24 horas (CAPs Ad), implantação de mais casas de apoio e de acolhimento e ampliação dos consultórios de rua.
>> Clique aqui para ler o discurso do senador Humberto Costa na íntegra.
Fonte: da Liderança do PT no Senado.
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado.

Show CommentsClose Comments

Leave a comment